Edema




Edema é uma manifestação do acúmulo de líquido intersticial. Ele é o resultado do acúmulo de água no interstício, provocado por uma reação inflamatória.

Esse excesso de água, normalmente é reabsorvido pelo organismo, tanto pelo sistema venoso como pelo sistema linfático. Quando há uma descompensação linfática ou quando o excesso de líquido ultrapassar a capacidade de transporte linfático ou venoso, há a formação de edema.

Nesse momento, no edema de formação localizada, há indicação da utilização da Linfoterapia.

As indicações mais frequentes para a aplicação da Linfoterapia são:


  • Distúrbios venosos, 
  • Doenças Reumatológicas, 
  • Pós-imobilização,
  • Pós Operatórios,
  • Distúrbios ortopédicos, 
  • Distúrbios neurológicos.


                                        Tratamento de Edema

São poucas e reservadas as indicações de Linfoterapia no tratamento de edema sistêmico, como os de origem renal ou cardíaca.

A Linfoterapia, nos casos de edema localizado, não havendo processo infeccioso, tem na drenagem linfática manual, o recurso mais indicado associado a cinesioterapia e ao uso de uma compressão externa adequada.